Pepê Paragliders
Perguntas frequentes
O que é vôo-livre?
O vôo-livre agrupa um conjunto de disciplinas cujo objetivo comum é voar utilizando as forças da natureza e recorrendo à força do próprio piloto para decolar e pousar, sem o uso de motores. Estas disciplinas são a Asa Delta e o Parapente.
O que é parapente?
Parapente é uma aeronave invertebrada, em forma de um semi-círculo inflável, feito de tecidos e linhas.
Do que é feito o parapente?
Os tecidos são uma espécie de nylon especial, ultra-resistente, e super-leve. As linhas são também ultra-resistentes e muito finas. Os materiais são desenvolvidos especificamente para o parapente.
Parapente é a mesma coisa que pára-quedas?
Não. O pára-quedas é usado para desacelerar uma queda, um salto de um avião por exemplo. É pequeno, e retangular. O parapente é uma aeronave planadora não motorizada, pois ao invés de cair, ele voa, assim como uma asa-delta ou um planador. Tem uma envergadura (distância entre as pontas das asas) bem maior, e seu perfil é em formato de asa, curva em cima e retilínea embaixo.
Você salta de Parapente?
Não. Você VOA de parapente. O Parapente é uma aeronave, e assim como tal, ela alça vôo, decola. Muitos confundem com pára-quedas, onde se salta (por favor, quem pula é sapo) de um avião em movimento. Mas não existem pilotos de pára-quedas, pois ele não é uma aeronave, é usado apenas para diminuir a velocidade de queda. O parapente, em sendo uma aeronave, denomina o seu praticante como um "Piloto de Parapente". O praticante de pára-quedas pode ser chamado de paraquedista, já os de parapente não podem ser chamados de parapentistas, senão pilotos de outras aeronaves seriam chamados de avionistas, helicopteristas, planadoristas, etc.
Porque o nome parapente?
Deriva do Francês para pent. Que seria traduzido como vôo de encosta. Afinal o esporte nasceu com alpinistas tentando adaptar pára-quedas para decolarem das encostas após escalá-las e querer descer de forma rápida.
Como funciona e como é feito um parapente?
Um parapente uma parte superior e uma parte inferior que são ligadas interiormente por células (ou alvéolos), que se fossem removidas teriam o aspecto do interior de uma asa de avião normal (arredondada à frente, pontiaguda atrás, curva no topo e lisa em baixo). As células são aberturas retangulares definidas pelas tiras e partes superior e inferior. A forma como tudo isto funciona deve-se ao movimento para a frente da asa. Desta forma o ar "é pressionado" pelas aberturas da parte da frente e como não tem por onde sair por trás, mantém uma certa pressão interna maior no interior da asa do que do lado de fora. Isto cria uma estrutura rígida.
Parapente é a mesma coisa que paraglider?
Basicamente sim. Só muda o idioma. Parapente é o nome em português, originado do francês para-pent. Paraglider é o nome em inglês, evitado pelos puristas. Afinal, estamos no Brasil e o esporte foi inventado na França. Aonde o inglês deveria entrar nisso?
O que é paramotor?
É um parapente com um motor acoplado às costas do piloto para propulsão. Desta forma a aeronave deixa de ser um planador e passa a ser um ultraleve propulsado, que pode decolar do chão, como um avião, e tem autonomia de acordo com seu combustível.
Qual a diferença entre parapente e asa-delta?
Funcionam basicamente pelos mesmos princípios de sustentação da física, e se diferem basicamente no formato com que cada aparelho desenvolve um perfil de asa. A asa-delta tem formato triangular e estrutura tubular rígida para ter o formato de uma asa (leia-se aqui asa como o formato aerodinâmico que permite sustentação). O parapente utiliza tecidos e linhas para criar uma estrutura em formato de asa.
Parapente quebra? Pode haver problemas com o equipamento?
Basicamente não. O tecido poderia se rasgar, e as linhas arrebentarem. É o que poderia se chamar de quebra. Mas isto é praticamente impossível de acontecer em equipamentos utilizados de maneira correta e dentro de seu período de vida útil. O que normalmente acontece sem nenhuma conseqüência, é devido a fortes turbulências o parapente se desinflar, ou "enroscar" nele mesmo, mas são situações facilmente corrigíveis pelo piloto na maioria dos casos.
E se houver problemas, existe um pára-quedas de emergência?
Sim. Se mesmo assim o problema não puder ser resolvido, existe na cadeirinha do piloto um pára-quedas (agora sim um pára-quedas) redondo que te leva em velocidade segura até o solo.
Mulheres podem voar?
Claro! O Parapente não é um esporte que exija força muscular extrema, exige muito mais técnica do piloto do que força em si. E como é um esporte que tem poucas praticantes, elas são sempre muito bem-vindas neste universo em sua maioria masculino.
É possível voar a dois?
Sim. Perfeitamente. O equipamento deve ser proporcional ao peso que está carregando. Para isto existem parapentes específicos para vôo-duplo, que suportam mais peso.
Existe diferença entre parapentes?
Muita. De forma e tamanho. Quanto ao peso, ele é sempre proporcional ao peso do que ele carrega. Seja uma pessoa, duas pessoas, um magro, um gordo. O parapente também tem forma de asa, e o formato desta "asa" vai definir muito do seu comportamento e desempenho em vôo. Embora para um leigo, simplesmente olhando sejam todos muito parecidos, eles têm muita diferença. Existem níveis de desempenho e de segurança variados. Quanto mais seguro é um parapente, geralmente os usados com alunos e vôos-duplos, menos performance eles têm. Entenda-se como performance a sua velocidade e capacidade de voar mais longe. Os pilotos de lazer usam parapentes seguros e com desempenho moderado, propício para lhe proporcionar um vôo agradável e divertido. Pilotos de competição sempre usam o que há de mais moderno e com maior desempenho, diminuindo com isto também sua segurança. Já os pilotos de acrobacia voam em parapentes específicos para que realizem melhor as manobras e são também geralmente menores em relação ao peso de um piloto, quanto seria um parapente de vôo convencional.
Quanto peso um parapente suporta?
Teoricamente ele pode levar quanto peso for necessário, desde que tenha um tamanho adequado ao peso que está carregando. Alguns ônibus espaciais possuem uma espécie de parapente gigante para pousar.
Se o peso estiver acima ou abaixo, o que ocorre?
Se a diferença for de poucos kgs, basicamente só o que muda é a velocidade de vôo, mais rápido se mais pesado, ou mais lento de mais leve. A distância que ele voa e a resistência do aparelho são praticamente inalterados.
Parapente é perigoso?
O esporte é tão seguro quanto o piloto quiser que seja. Tomando todas as devidas precauções, ele torna-se um esporte extremamente seguro. Muito mais do que você pode imaginar. A maioria massiva das pessoas que pilotam ambos aparelhos como motocicletas e parapentes, sentem-se mais seguros voando.
Pode-se voar na chuva?
Leves chuvas não afetam em muito o vôo, apenas umedecem o tecido impermeável do parapente, porém em dias nublados, não é possível achar as correntes térmicas de ar ascendente que o farão subir. Logo é mais provável que não valha nem a pena decolar, caso contrário você irá diretamente da decolagem para o pouso. Seria um vôo curto sem muitas possibilidades. Fortes chuvas geralmente vem acompanhadas de fortes ventos e turbulência, que aí sim tornam o vôo desaconselhável.
E se uma chuva lhe surpreender?
As chuvas não saem de surpresa de trás de uma cortina pra nos dar um susto. Todo piloto deve saber fazer a análise meteorológica necessária para saber a possibilidade de chuva naquele momento, e reconhecer as nuvens de chuva antes que elas atinjam um nível que represente perigo ao vôo.
E se uma ventania lhe surpreender?
Igualmente as chuvas, os ventos são previsíveis e a condição meteorológica é analisada pelo piloto, antes do vôo.
O que é mais perigoso? Parapente ou asa-delta?
Depende de quem te responda a pergunta. Se é um piloto de asa-delta ou se é um de parapente. O piloto de asa-delta geralmente acha o parapente menos seguro, pois ele fecha, ou desinfla, e até mesmo embola. O piloto de parapente acha a asa-delta menos segura pois ela pode quebrar em vôo, porque o pouso é muito mais rápido com possibilidade de um incidente bem mais elevada, e pela decolagem também não ser tão tolerante a erros quanto a de um parapente.
O que é melhor, parapente ou asa-delta?
Depende novamente. Os prós da asa-delta é que podem voar mais rápido que os parapentes, e que têm um desempenho um pouco melhor em termos de distância voada. Os prós do parapente são a mobilidade, pois você decola de qualquer encosta sem grandes exigências, e após pousar põe tudo dentro da mochila e pode andar pra onde quiser, a pé, ou em qualquer meio de transporte simples.
Existem mais asas ou mais parapentes?
A asa-delta nasceu primeiro. Teve seu auge antes do parapente. O parapente nasceu muito depois, derivado dos antigos pára-quedas que começaram a ser adaptados para voar ao invés de cair. Hoje em dia, cerca de 10% dos pilotos de vôo-livre no mundo são de asa-delta. A maioria massiva é parapentes. E esta diferença é cada dia maior. Principalmente pela maior mobilidade e pelo aumento da performance dos parapentes, se aproximando mais das asas a cada dia.
Como se decola de parapente?
Você estica o parapente no chão, e corre numa encosta inclinada, contra o vento, para que ele se infle, suba para cima da sua cabeça e comece a te sustentar. Neste momento você entra em vôo.
A que velocidade voa um parapente?
Eles podem frear a até cerca de 20km/h, voam em média a 37km/h e podem chegar a até 70km/h nos modelos de competição atuais.
Existe competição de parapente? Quais as modalidades?
Sim. As duas modalidades do vôo-livre são os vôos de distância, e os vôos acrobáticos. Os vôos de distância são chamados de Cross Country, também conhecidos como XC. No vôo de XC, a meta do piloto é sempre voar grandes distâncias. Quanto mais longe do ponto de decolagem for o pouso, mais valioso será o vôo. Existem ainda variações, como os vôos em triangulação onde você precisa passar por pontos pré-determinados, chamados de pilões, e atingir um goal, uma chegada. São assim como uma regata, uma corrida. O primeiro que chegar tem vantagem, e se não chegarem ao destino, quem ficou mais perto deste, ficará melhor colocado. Os pontos de cada piloto são computados através de um aparelho de GPS que cada piloto leva a bordo e depois são usados para provar o percurso e o tempo de cada um. Já a acrobacia, é como um ballet nos ares. Cada piloto é julgado por uma comissão de especialistas, e executa diversas manobras com o parapente. Seja sozinho, ou em duplas, onde outro piloto executa as mesmas manobras ao mesmo tempo, formando uma bela sincronia, assim como ginástica rítmica. Quanto mais difícil e mais bem executada for a manobra, mais pontos vale. Estas competições são sempre realizadas sobre lagos, para que aumente a segurança dos participantes, em caso de alguma pane, pois este pilotos executam manobras arriscadas, as vezes inacreditáveis, bem diferentes do vôo convencional de um parapente. Elas variam desde giros no próprio eixo, espirais descendentes voando de ré, até loopings infinitos. A criatividade não põe limites nas manobras.
Jogadores de futebol e pilotos de F1 ficam muito ricos, dá para ganhar dinheiro com competições?
Muito pouco, se comparado aos custos. Apesar de não ser um esporte dos mais caros, onde você tenha que comprar um veleiro, e nem ser tão barato quanto comprar uma bola, é muito difícil fazer com que premiações de campeonatos ou patrocínios lhe rendam mais que o custo do esporte. Pilotos de competição dificilmente vivem somente disto, tendo geralmente outras rendas. Os poucos que conseguem, tem um bom patrocínio por trás.
Onde posso voar?
Em qualquer lugar que lhe permita uma decolagem segura, onde não haja risco de invasão de tráfego aéreo e onde haja possibilidades de pouso com segurança.
Onde posso pousar?
Em áreas planas, isentas de obstáculos como fios de energia elétrica ou pedras. Quanto maiores, mais seguros. Geralmente não precisam ter uma largura muito maior do que o próprio parapente e não mais que 50m de comprimento.
O parapente também sobe? Ou só desce?
Sim, sobe! Sem motor mesmo. Não é mágica, é a natureza. Você já reparou que algumas aves voam sem bater as asas? E que também sobem? Os urubus por exemplo. Eles sobem voando dentro de correntes térmicas de ar quente ascendente dando voltas ao redor do mesmo ponto de onde este ar está subindo, e sobe juntamente com ele. Nós fazemos o mesmo.
É perigoso voar junto as outras aves?
Não. Geralmente é um encontro fabuloso, voar lado a lado. Cada qual admirando o seu companheiro de vôo.
Quanto custa um parapente?
O conjunto necessário para o vôo, é formado de diversos itens. Segue uma média de valor de equipamentos novos. Você precisaria de um parapente (US$ 1900), a selete (cadeirinha em que o piloto fica sentado - US$ 500), mosquetões que conectam ambos(US$ 50), capacete (US$ 100), e pára-quedas reserva(US$ 500). Se o equipamento for Usado, este valor passaria de uma média de US$ 3000,00 para uma média de US$ 1200,00.
Com que idade se pode voar?
Como o automobilismo, quanto mais cedo começar, melhor! O único fator que restringe, é o peso do piloto. Geralmente encontra-se parapente para pilotos a partir de 50kg.
A que altura um parapente chega?
O que define isto é até onde as térmicas estiverem subindo naquele local na hora em que o piloto estiver voando. O recorde brasileiro é de cerca de quase 5 mil metros de altura. Como não ficamos o tempo todo a estas alturas, não se sente dificuldade de respiração ou coisas assim, mas o frio é grande!
Preciso de vento para voar?
Não necessariamente. O parapente voa com ou sem vento. Não somos uma pipa e não precisamos de vento para propulsão ou algo assim. Precisamos sim é dás térmicas para fazer um bom vôo. O vento vai pesar mais na hora da decolagem. Sem vento algum é mais difícil decolar, e com um vento muito forte ou que venha de trás da rampa, também são impeditivos para a decolagem.
É preciso alguma carteira ou habilitação para voar?
Sim. Após fazer o curso de piloto o aluno faz provas de uma das associações de vôo existentes para que seja emitida sua habilitação como piloto.
Qual a performance de um parapente?
Geralmente eles tem uma taxa de planeio de 8 a 10metros. Ou seja, para cada 8 ou 10 metros que ele voou para frente, ele perdeu um de altura.
Como é o pouso de um parapente?
Dependendo da perícia do piloto, suave como levantar de uma cadeira.
Quanto tempo dura um vôo?
Irá depender das condições meteorológicas do momento do vôo. Se houver térmicas ou ventos que possam gerar ascendência ao subir pelos morros e montanhas, o vôo é prolongado. Então não há limite pré-definido.
Até onde eu posso voar com um parapente?
O vôo de distância é a modalidade mais difundida de vôo-livre. O limite de distância é regulado pelo quanto o piloto conseguir aproveitar as térmicas para subir e voar para longe. Com ventos fortes, esta distância aumenta. Atualmente o recorde mundial é de 420km, num vôo de durou cerca de 10h.
Como é voar?
É indescritível através de palavras. Mas é uma sensação que merece ser vivida.
Pepê Paragliders | (21) 9 9297-5009
Desenvolvido por Rian Design
Menu